header ads

Nova coluna de Alexandre Moura: "Problema Global!"



Por Alexandre MOURA (*)

Problema Global!

Como escrevi em um dos tópicos da coluna da semana passada, a “turbulência” no mercado mundial de criptomoedas (ou moedas digitais para alguns) continua e parece não diminuir, transformando-se nessa semana que está terminando, em um verdadeiro problema global.
Segundo informações da agencia de noticias Reuters, depois que a Celsius Network (que “congelou” saques e transferências das moedas digitais sob sua administração, no início da semana passada), outra empresa a BitOasis, especializada no mercado de câmbio de criptomoedas no Oriente Médio, fundada em 2015 e com sede em Dubai nos Emirados Árabes Unidos, enfrenta problemas semelhantes e inclusive, demitiu funcionários. Para completar mais uma semana complicada nesse mercado, a Coinbase Global Inc, empresa americana que opera uma plataforma de troca de criptomoedas, anunciou a demissão de 1.000 funcionários de seus quadros. Vamos aguardar os desdobramentos nas próximas semanas.

Mercado de TI em Crescimento

Um estudo recentemente divulgado pela empresa americana IDC(International Data Corporation)- fundada em 1964 e principal fornecedora global de inteligência (informações) e dados
estatísticos, para os mercados de TI (Tecnologia da Informação) e de Telecomunicações – apresenta informações detalhadas, sobre a situação atual e futura, dos negócios no mercado brasileiro de TI. O documento denominado de “IDC IT Services Tracker Brazil 2021”, mostra que no ano passado “as vendas de serviços de TI no Brasil ultrapassaram R$ 46 bilhões,
representando um crescimento de 5,9% em relação a 2020”, mostrando o inicio da recuperação do setor, após o impacto da pandemia do Covid 19. Segundo os dados da IDC, o crescimento foi
impulsionado “pelos serviços de infraestrutura de hospedagem com quase12% de crescimento e serviços de consultoria em TI (crescimento de 8%, em 2021)” e também, “pela transformação
digital (nas empresas e serviços públicos) acelerada pela pandemia”, com maior demanda em cyber segurança, analise e gerenciamento de dados e informações gerados, principalmente, pelo crescimento do e-commerce (comercio eletrônico).

Mercado de TI em Crescimento (II)

Para 2022, mesmo com a economia mundial bastante afetada pela inflação, preço (e falta) dos combustíveis e a guerra da Ucrânia, as previsões para o mercado brasileiro, são ainda melhores. Sendo projetado um crescimento superior ao de 2021. Para os analistas da IDC, as oportunidades de crescimento das vendas no mercado brasileiro de TI, vão continuar.
Especialmente, as vendas de produtos para gestão e segurança de dados e de sistemas cada vez mais sofisticados, de cyber segurança, vão ter demanda aquecida. Além dessas duas áreas, o inicio da implantação e uso da “Tecnologia 5G” vai demandar investimentos cada vez maiores, tanto em hardware (equipamentos) quanto em software (programas de computador) e serviços conexos, tanto do setor privado (principalmente), quanto do público (em particular pelas prefeituras).

“CONECTA PB”

No próximo dia 13 de julho, acontecerá em João Pessoa, Paraíba, no auditório do SEBRAE, o evento “CONECTA PB – Encontro com Empresas Centelha e Tecnova da Paraíba”, organizado pela FAPESQ – Fundação de Apoio a Pesquisa do Estado da Paraíba. Além de duas “Mesas Redondas”, com representantes empresariais e de instituições de apoio/investimento em Startups, haverá também, uma palestra com o tema “Perspectivas para as empresas Centelha e Tecnova” e as apresentações das seis empresas “Centelha 1” aprovadas no “Tecnova 2”. O principal objetivo do “CONECTA PB”, é conectar as 63 empresas paraibanas participantes do “Centelha 1, Tecnova 1 e Tecnova 2” com investidores, aceleradoras, incubadoras, e representantes do BNB – Banco do Nordeste, da FINEP, do SENAI, e do SEBRAE, bem como com outros atores dos “Ecossistemas de Inovação Nacional, Regional e Estadual”, abrindo-lhes novas e importantes oportunidades para continuarem inovando, crescendo nos seus negócios, ganhando escalabilidade e conquistando novos mercados, inclusive no exterior. Excelente iniciativa!
________________________________________________________
Engenheiro Eletrônico, MBAs em Software Business e Comércio Eletrônico, acionista da Light Infocon Tecnologia S/A, Diretor da LightBase Software Público Ltda, Conselheiro-Titular do SEBRAE-PB, VP da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado da Paraíba e Diretor de Relações Internacionais da BRAFIP.
Postagem Anterior Próxima Postagem