header ads

Após queda de Daniel Nunes, Assembleia de Deus de Campina Grande tem novo presidente


O pastor Dari Ferreira da Silva, que na condição de primeiro-vice-presidente estava à frente da Igreja Assembleia de Deus de Campina Grande e da Convenção de Ministros da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Campina Grande e no estado da Paraíba (Comead-CGPB), foi aclamado presidente em definitivo neste domingo, 12.

Dari assumiu a direção dos ministérios a partir da renúncia de Daniel Nunes da Silva no dia 25 de maio e teve que lidar com a repercussão dos fatos constrangedores que levaram à saída do ex-presidente, que era cultuado por alguns membros da igreja e extremamente respeitado e solicitado pela classe política. 

O cargo é vitalício, muito bem remunerado e oferece regalias.

Por meio de nota, a denominação informou que “em Assembleia Geral Extraordinária, o Ministério da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Campina Grande e a Convenção de Ministros escolheram, por aclamação, o pastor Dari Ferreira da Silva como presidente da IEADCG e COMEAD-CGPB”.

Ainda conforme a assessoria, “a sessão conjunta aconteceu na tarde deste domingo (12) no Templo Central, reunindo 482 pastores, evangelistas e presbíteros de Campina Grande, além de pastores e evangelistas das igrejas filiais. Participaram também da reunião líderes e obreiros de convenções do Nordeste”.

A apresentação de Dari ocorreu durante o culto dominical. 

A antiga diretoria, que tinha à frente Daniel Nunes e contava, inclusive, com um dos filhos do agora ex-presidente, Keiler Nunes, ocupando a segunda-vice-presidência, deverá ser reformulada. 

---

Imagens: Facebook – Reprodução – Assessoria - @eujonathanalves

Postagem Anterior Próxima Postagem